Chiclete com Banana - Discografia

Discografia


Ah iê iê iê mama
 
Ô iô mama
 
Sarapamama
 
Óh mama
 
Hoje é seu dia
 
Em todo canto 
 
Dessa terra mamãezinha 
 
Estão festejando
 
O seu dia
 
Óh mama
 
Hoje não é dia de chorar
 
Até o vento 
 
Tá brigando com a tristeza
 
Que lhe fez assim chorar
 
Ah iê iê iê mama
 
Ô iô mama
 
Sarapamama
 
Ôh ôh ôh ôh
 
Ah iê iê iê mama
 
Ô iô mama
 
Sarapamama 
 
Segura nesse
 
Swingue, venha
 
Óh mama
 
Hoje é seu dia
 
Em todo canto 
 
Dessa terra mamãezinha
 
Estão festejando 
 
o seu dia
 
Óh mama
 
Hoje não é dia de chorar
 
Até o vento 
 
Tá brigando 
 
Com a tristeza 
 
Que lhe fez assim chorar


Pode chover
 
Relampejar 
 
Trovão roncar
 
Raio cair
 
Mas eu chego aí
 
Pra te ver
 
Pra paquerar com você
 
Pra te ver
 
Pra paquerar
 
Não me castigue
 
Natureza
 
Me perdoa
 
Por favor
 
É que eu tô com tanta sede
 
Muita saudade do meu amor
 
É que eu tô com tanta sede
 
Muita saudade do meu amor
 
Ah! Você me beija legal
 
Você é tão sensual
 
Eu nunca vi 
 
Nada igual, não
 
Balança a roseira


Um beijo,
 
De amor eu sei
 
Revela onde 
 
Eu quero te levar
 
É lindo o teu prazer
 
Eu vejo quando 
 
A banda vai tocar
 
Será que a emoção
 
Não quer deixar
 
Você me prende num olhar
 
Mas o meu bloco já vai passar
 
Você me aperta num lugar
 
E esse desejo
 
Que vai, vai, vai, vai....
 
Quando o Chiclete passar 
 
É pra você ficar
 
Colado em mim
 
Na Bahia é desse jeito
 
E você vai ter que viver assim
 
Venha logo pra fazer
 
O meu carnaval
 
Meu amor chegue mais perto 
 
Pois eu quero te beijar


Lêlêlêlê
 
Lêlêlêlê
 
Lêlêlêlê
 
Menina se vc quer 
 
Eu vou te dar
 
À toa, na boa
 
Um beijo, um chamego gostoso
 
E um abadá do Voa
 
Na boa (bis)
 
Me pega menina
 
Me abraça e me beija
 
Me ensina que eu quero
 
Aprender com você
 
Menina bacana 
 
Me leva pro Nana
 
Me usa, me lambuza de cerveja
 
Me abusa, me lambe
 
E vem namorar
 
Menina bacana 
 
Me leva pro Nana
 
ÊÊÊÊ quando o chiclete toca
 
ÊÊÊÊ quando o chiclete toca
 
Eu te abraço eu te beijo,
 
Chicleteira eu te desejo
 
E para mim é o que importa (bis)


Será que eu não 
 
Fiz do teu jeito?
 
Hoje eu sinto no peito
 
Eu não soube te amar
 
Porque hoje eu vivo sozinho
 
Sem você no meu ninho
 
Não me faça chorar... 
 
De paixão
 
Você foi pura ilusão
 
Te procurei pra 
 
Te dar um beijo, desejo
 
Você nem ligou
 
Solidão Tô preso na sua mão
 
Andam falando por aí
 
Tão dizendo
 
Que tudo acabou...
 
Acabou...não mereço castigo
 
Faz as pazes comigo
 
Não me faça chorar
 
Acabou...eu pisei na bola
 
Eu joguei carta fora
 
Hoje eu quero te amar
 
ÔÔÔ...
 
ÔÔÔ...
 
De paixão 
 
Você foi pura ilusão
 
Te procurei pra 
 
Te dar um beijo, desejo
 
Você nem ligou
 
Solidão...tô preso na sua mão
 
Andam falando por aí
 
Tão dizendo
 
Que tudo acabou...
 
Acabou...não mereço castigo
 
Faz as pazes comigo
 
Não me faça chorar
 
Acabou...eu pisei na bola
 
Eu joguei carta fora
 
Hoje eu quero te amar
 
Será que eu não
 
Fiz do teu jeito?
 
Hoje eu sinto no peito
 
Eu não soube te amar
 
Porque hoje eu vivo sozinho
 
Sem você no meu ninho
 
Só me resta chorar de paixão...


Eu sei que 
 
O meu coração falou
 
Que eu sou 
 
O teu grande amor
 
E nunca vai 
 
me abandonar
 
Nao vem dizer 
 
Que tudo acabou
 
Que eu apenas fui pra você
 
Um jogo de azar
 
Os beijos que você me deu 
 
Eram tão verdadeiros
 
Pra que disfarçar se o amor 
 
Tá presente no seu olhar
 
Por que fazer
 
Jogo e lutar contra
 
Os seus sentimentos
 
Se o teu coração
 
Tá mandando 
 
Você se entregar
 
E deixa o amor
 
Reinar que você 
 
Ficar vai voando 
 
Solta pelo ar
 
E quando eu te 
 
Abraçar se você 
 
Me beijar eterno 
 
Esse amor será
 
E nunca mais vai
 
Me deixar ô ô ô
 
E nunca mais vai 
 
Me deixar ô ô ô
 
E nunca mais vai
 
Me deixar ô ô ô
 
E nunca mais vai 
 
Me deixar


Encontrei o meu amor
 
Na cidade Salvador
 
Tão romântica
 
tão histórica
 
E o Bonfim abençoou
 
No farol de Itapuã
 
o baiano fez 
 
O seu trio elétrico
 
Trouxe luz e som 
 
Pelo mundo se espalhou
 
Só pra lhe dizer 
 
Que é liberdade, morena
 
Praça Castro Alves 
 
Para o nosso amor é pequena
 
Quero lhe encontrar 
 
Na praia da Ribeira é verão
 
Esse chão é meu 
 
E eu não vou parar
 
Eu fui atrás de um caminhão
 
Fazer meu carnaval 
 
E o carnaval 
 
É feito no coração
 
Gostei, Chiclete é emoção!
 
Meu bem naquele ano 
 
Eu me tornei Camaleão...


A minha fantasia
 
Era você
 
Louco pra te encontrar
 
Louco pra te ver
 
Lavada de alegria
 
Levada de te ter
 
A minha fantasia 
 
Era você
 
A minha fantasia
 
Era você
 
Colombina e aô
 
Pierrot e alabê
 
Pelos olhos da Bahia
 
Pela lente de vergê
 
A minha fantasia
 
Era você
 
Cara...
 
Eu quero ver tua cara
 
Com quem você namora
 
Vamos ficar agora
 
Sou...
 
Um coração que chora
 
Que se fantasiou
 
Pra encontrar o amor
 
O Pierrot apaixonado
 
Que vivia só cantando
 
Por causa de uma Colombina
 
Acabou chorando
 
Acabou chorando


Também há dias em que
 
A chuva cai
 
Você bem sabe 
 
Que eu não lhe prometi 
 
Um mar de rosas
 
Se eu fizesse uma canção
 
De todo coração
 
E nela eu confessasse
 
Que sem o seu amor
 
eu não consigo viver
 
Você talvez até 
 
Nem fosse entender
 
É bem melhor você pensar
 
No passo que vai dar
 
Pois há sempre 
 
Alguém querendo ver
 
Um grande amor com
 
O nosso no fim
 
Isso mesmo você 
 
Disse pra mim
 
Não há razão pra
 
Ser tão triste
 
Nosso amor ainda existe
 
Temos muito tempo
 
Para amar
 
Você bem sabe 
 
Que eu não lhe prometi
 
Um mar de rosas
 
Nem sempre o sol brilha
 
Também há dias em que
 
A chuva cai


Vem brincar de amor 
 
De amor ê Rêy...de amor...
 
Oh ! meu bem
 
Lembre-se que existe
 
Por aí alguém     
 
Tão sozinho vive sem ninguém      
 
Sem ninguém, sem ninguém
 
Menina linda eu te adoro  ah! 
 
Menina pura como 
 
Uma flor ou, ou, ah!
 
Sua boneca vai quebrar à ah... 
 
Mas viverá o nosso amor
 
O nosso amor, o nosso amor 
 
O nosso amor


Faça o carnaval
 
Chegue e faça a festa
 
Seja sempre alto astral
 
E dê a mão pra ela
 
Beijar na boca nunca 
 
Fez mal a ninguém
 
Com ou sem dinheiro também
 
Se você é chicleteiro 
 
você vai se dar bem
 
Éééé, chique demais
 
Cantar com felicidade 
 
É um bem que faz
 
Éééé, chique demais
 
Isso é chiclete todo 
 
Mundo vai atrás


Um amor que me cale com medo
 
Um amor que mova montanha
 
Um amor que não tenha capricho
 
Um amor que me jogue no lixo
 
Um amor que esmague meu peito
 
Pode ser um amor 
 
Infiel ou então
 
Que me leve pro céu
 
Um amor que me pegue de jeito
 
Eu vou voar atrás desse amor
 
Vou encontrar seja onde for
 
Eu quero esse amor
 
Eu quero esse amor
 
Eu quero esse amor
 
Um amor que bagunce minha vida
 
Que sufoque e não deixe saída
 
Ou então que atrase 
 
O meu coração
 
Não importa eu quero
 
Encontrar um amor
 
É melhor do que a solidão!


O meu amor é uma cigana linda
 
Que ama a lua, ama o céu e o mar
 
É uma sereia que anda na rua
 
E quando eu canto ela vem me amar
 
É uma menina que mexe comigo
 
E que me chama amor vem namorar
 
Que me abraça e me dá 
 
Abrigo no seu olhar
 
Chicleteiro eu, chicleteira ela
 
Chicleteiro eu, chicleteira ela
 
Chicleteiro eu, chicleteira ela
 
Libera, libera, libera, libera (bis)
 
É com ela que eu vou, vou com ela
 
Vou amar esse amor 
 
Chicleteiro no meu carnaval
 
Chicleteiro eu, chicleteira ela
 
Chicleteiro eu, chicleteira ela
 
Chicleteiro eu, chicleteira ela
 
Libera, libera, libera, libera (bis)