Chiclete com Banana - Discografia

Discografia


Onde tem som de viola
 
Eu fico e nao vou embora
 
Uma moça pantaneira
 
Eu fico e nao vou embora
 
Uma sanfona gateira
 
Eu fico e nao vou embora
 
E um bailão de rodeio
 
Eu fico e nao vou embora
 
Alem de churrasco e vinho
 
Que o velho também adora
 
Com essas gatinhas
 
Que andam com umbigo de fora
 
Eu tomo todas
 
Faço a festa esqueco a hora
 
Se tem alguem me chamando
 
Eu fico e nao embora
 
Nao vou embora
 
Nao vou embora
 
Se tem bailao de piao
 
Eu fico e nao vou embora
 
Nao vou embora
 
Nao vou embora
 
Se tem mocá pantaneira
 
Eu fico e nao vou embora
 
Eu tomo todas
 
Faço a festa esqueco a hora
 
Se tem alguem me chamando
 
Eu fico e nao vou embora


Eu sou tão apaixonado
 
E saio pra vigiar
 
Toda hora eu me pergunto
 
Meu amor onde andará
 
A paixão é tão intensa
 
E não sei como conter
 
Parece que eu sou domado
 
Totalmente por você
 
Ô ô ô ô
 
Cada vez eu te quero
 
Meu amor é sincero
 
Esse amor vai me devorar
 
Ô ô ô ô
 
Não se zangue comigo
 
Eu preciso de abrigo
 
Ser feliz é pra 
 
Quem sabe amar


Oi, tum, tum
 
Tum coração batucador
 
Oi, tum, tum
 
Tum vai levando o meu amor (bis)
 
Lembro os teus cabelos negros
 
Olhos de jaboticaba
 
Molhadinhos de saudade 
 
Quando saio pra cantar
 
De madrugada meu bem 
 
Quando a festa acaba, 
 
Todo mundo vai pra casa
 
E eu doidinho pra voltar
 
Ô iáiá e eu doidinho pra voltar
 
Ô iáiá mas eu sei 
 
Que eu chego lá (bis)
 
Se por acaso
 
Me perder pelo caminho
 
Sei que não estou sozinho
 
Vou ali, mas vou voltar
 
Vou passear
 
Em um disco voador
 
Por causa do meu amor
 
Prometo não demorar
 
Ô iáiá pometo não demorar
 
Ô iáiá mas eu sei
 
Que eu chego lá


Fico contente
 
Quando você diz pra
 
Mim
 
Que vai fazer comigo
 
Tudo que quiser
 
E já começo a
 
Preparar-me
 
Para uma noite
 
Especial, meu amor
 
Ficar juntinhos, que
 
Legal
 
Se queres mesmo se
 
Entregar ao meu amor
 
Então, por que não
 
Vem de uma vez, me
 
Libertar
 
Dessa paixão que
 
Queima dentro do meu
 
Peito
 
Tô precisando de você
 
Pra me encontrar
 
Estou tentando te
 
Dizer
 
Fique comigo
 
Pois não há nenhum
 
Perigo
 
Pra você se preocupar
 
Porque o homem
 
Quando está
 
Apaixonado
 
Deixa o orgulho de
 
Lado
 
Quer viver só para
 
Amar


Tava tão distante 
 
Quando ela apareceu
 
Os olhos que fascinam 
 
Logo estremeceu
 
Meus amigos falam 
 
Que eu sou demais
 
Mas é somente 
 
Ela que me satisfaz
 
É somente ela 
 
Que me satisfaz (bis)
 
Você só colheu 
 
O que você plantou
 
Por isso que nos 
 
Falam que eu sou sonhador
 
Me diz o que ela 
 
Significa pra mim
 
Se ela é um morango
 
Aqui do Nordeste
 
Tu sabes, não existe
 
sou cabra da peste
 
Apesar de colher
 
As batatas da terra
 
Com essa mulher 
 
Eu vou até pra guerra
 
Ai, é amor
 
Ai, ai, ai é amor
 
É amor


Hoje isso aqui vai pegar fogo
 
Hoje não tem hora pra acabar (bis)
 
Quem gosta de quebrar
 
Que se requebre
 
De mexer, que se remexa
 
Hoje o bicho vai pegar (bis)
 
Isso aqui tá muito bom
 
Tá gostoso, tá demais
 
Isso aqui tá muito bom
 
Tem amor e tem prazer
 
Isso aqui tá muito bom
 
Te sacode no molejo
 
Que eu adoro esse chamego
 
Coladinho com você


Meu pobre coração
 
Ô ô ô ô ô, ô ô, ô ô
 
Meu pobre coração
 
Ô ô ô ô ô
 
Você atormentou meu coração
 
Deixou minha vida em fogo
 
Mas não tem nada não
 
Eu vou fazer serão
 
Vou construir de novo (bis)
 
Eu ando com vontade de viver
 
Não quero mais sofrer
 
Só quero amar
 
É bobo quem 
 
Se entrega ao sofrimento
 
Nessa vida tudo passa
 
Isso também vai passar
 
Vou procurar alguém 
 
Pra me entender
 
Pra gente aprender
 
Tudo acontece
 
Eu estava me entregando pra você
 
Só agora eu puder ver
 
Que você não me merece


Meu amor
 
Não esqueça de mim
 
Por favor me diga que sim
 
Eu não consigo esquecer você
 
Ouça meu bem 
 
O que eu vou lhe dizer
 
Quero você
 
Quero você
 
Quero você
 
Todinha pra mim (bis)
 
Meu amor
 
Só uma condição
 
Pra poder fazer feliz
 
Quero ser dono do seu coração
 
Você é tudo 
 
Que eu sempre quis


Eu e você
 
No mundo da lua de mel
 
Você e eu
 
Voando no sétimo céu
 
Dá para sentir
 
O seu coração bater no meu
 
Dá pra a saber
 
Aonde esse amor vai desaguar
 
Pois quem amor
 
Pode rir ou chorar
 
Quem amor
 
Pode rir ou chorar


Olha o fogo
 
Olha o fogaréu
 
Queimando as pontas
 
Da palha do meu chapéu (bis)
 
Cadê Ritinha que não vê Cecéu
 
Tá de capim na boca
 
Cismada, olhando o céu
 
E de mansinho
 
A sanfona ele pegou
 
Cantando me ninou
 
No São João do Carneirinho
 
Meu amor


Eu não preciso de você
 
O mundo é grande
 
O destino me espera
 
Não é você quem vai
 
Me dar na primavera
 
As flores lindas que 
 
Au sonhei no meu verão
 
Eu não preciso de você
 
Já fiz de tudo para
 
Mudar meu endereço
 
Já revirei a minha 
 
Vida pelo avesso
 
Juro por Deus não encontrei
 
Você mais não
 
Cartas na mesa
 
Bom jogador conhece 
 
O jogo pela regra
 
Não sabe tu que 
 
Eu já tirei leite de pedra
 
Só para te ver sorrir 
 
Para não chorar
 
Você foi longe
 
Me machucando 
 
Provocou a minha ira
 
Só que eu nasci 
 
Entre o velame e a macambira
 
Quem é você para 
 
Derramar meu munguzá
 
Eu me criei ouvindo 
 
O toque do martelo na poeira
 
Ninguém melhor que 
 
Mestre Osvaldo na madeira
 
com sua arte criou 
 
Muito mais de dez
 
Eu me criei matando 
 
A fome com tareco e mariola
 
Fazendo verso, dedilhado na viola
 
Por entre os becos do meu 
 
Velho vassoural