Chiclete com Banana - Discografia

Discografia


Ver
 
O mar beijando a areia
 
Espuma que clareia
 
Na onda balançar
 
Ê Dispensa essa tristeza
 
Fronteiras e barreiras
 
Na água azul do mar
 
Tudo que eu quero da vida viva
 
Toda vida linda de flor, sem dor
 
Vida que eu te quero viva. Avisa que eu vou
 
Um anjo marginal
 
Um facho de luz
 
Na escuridão
 
Que lhe seduz
 
Um anjo marginal
 
Um facho de luz
 
Na escuridão
 
Que lhe conduz


MOh, oh, oh, oh, oh
 
Levo o ano inteiro
Resolvendo a minha vida
Mas o dono não ajuda
O dinheiro tá escasso
 
O que é que eu faço?
 
Pego fila pra comer
Pra pagar e pra morrer
E o sapato tá furado
E de mel virei melaço
 
O que é que eu faço?
O que é que eu faço?
O que é que eu faço?
O que é que eu faço?
 
O que é que eu sou?
 
Sou um rato, sou um rato
Sou um rato de proveta
Sou um rato, sou um rato
Sou um rato, sou um rato
 
Sou notícia de tv
Sou um rato no esgoto
Sou herói, sou bandido
Sou até bem paciente
 
O que é que eu faço?
O que é que eu faço?
O que é que eu faço?
O que é que eu faço?
 
O que é que eu sou?
 
Me leve para casa
Eu sou um rato
Eu sou safado
 
Sou um rato pelas ruas
De buraco da lua
Sou um bicho de esgoto
Quase um bicho escroto


Aê aê aê aê aê...
 
Aê aê aê aê aê...
 
Ai amor
 
Chega mais, chega mais
 
Se você vem tem flor
 
Quero mais, quero mais
 
Linda vem menina pra piscina
 
Traga o cheiro azul do mar
 
Vou viver, seu encanto bem mais
 
E qual é, porque
 
Quero mais, quero mais
 
Olhe meu olhar 99 salpicado de amor
 
Aê aê aê aê aê...
 
Aê aê aê aê aê...
 
Pegue leve que eu vou atrás
 
Vá e volte e fica bom demais
 
Lararararara....
 
Meu amor, eu quero te amar
 
Meio norte pra não vacilar
 
O chamego tem a hora H
 
Lararararara....
 
É o amor...
 
Pigdigdi papauê, pigdigdi papauê
 
Ai menina que dengosa
 
Pigdigdi papauê, pigdigdi papauê
 
Todo dia a te amar


Com a fé que remove montanhas vive Olodum
 
Foi buscar o suspiro que tem seu coração
 
Vasta terra então, de ritual e devoção uooo..
 
O Himalaia ô, Carma lei de uma boa ação
 
Pra não sentir o choro forte do irmão
 
No passo a passo eu sigo meu tempo
 
Vou fazendo minha obrigação
 
Esse é o tribal Olodum
 
Que abre o leque pra sua fusão
 
Ê Raja, Raja
 
Solta seu filho pro mundo ensinar
 
Ê Raja, Raja
 
Que o Olodum aê Nirvana, porque?
 
O que vem do Oriente balança o Ocidente
 
O que vem do Oriente balança o Ocidente
 
Mahatma Ghandi, Ghandi, Ghandi, Olodum
 
Titerê cadê você?
 
Ô titerê
 
Titerê, titerê, titerê ôôô
 
Ô titerê
 
Titerê no Olodum é dançar com você, cadê?(bis)
 
Pra navegar com axé
 
Vou passear no seu caminho
 
Deixando um afeto no seu ninho
 
Oh índia Olodum não me deixa sozinho


O vento faz rende-vous
 
No seu cabelo alinhado
 
Acostumado com meu embolado
 
Acho que o passo é do seu sapato
 
Dona Naná tá danada
 
O santo dela desceu
 
A jangada tá lavada
 
Entre nela mais eu
 
Vumbora mar
 
Embora mais eu
 
Vumbora mar
 
Embora mais eu
 
Eu deixaria a areia
 
Coberta de você
 
No seu cabelo enrolado
 
Leve um cacho de dendê
 
Salte que o salto
 
É do seu sapato
 
Passe que o espaço


Instrumental


Aêaêaê, aêaêeô, 
 
aêaêaê o chiclete chegou
 
Aêaêaê, aêaêeô,
 
aêaêaê o chiclete chegou
 
Meu bem quero te amar, 
 
com todo prazer quero teu beijo(2x)
 
Te pego, te abraço te dou meu desejo
 
Durma nos meus sonhos pois estou sozinho
 
Não sou um bicho feio e te dou carinho
 
Eu sou camaleão sou seu amor, vem me dar um beijo
 
Eu sou camaleão sou seu amor, me joga teu feitiço que é esse meu desejo
 
Meu bem quero te amar, com todo prazer quero teu beijo(2x)
 
Ah que bom se eu pudesse cantar e dançar com você
 
Ó minha linda, nesse desejo te dou meu prazer
 
Iôiô, iôiô, no bem bom do balanço eu fico leve (2x)
 
Iôiô, iôiô, com você bem maneiro eu danço reggae
 
E na palma da mão, todo mundo beleza](3x)


Êh, lá, lauê, lá, lauê, lêrauá
 
Êh, lá, lauê, lá, lauê, lêrauá
 
Massa e a massa ver
 
O batuque dessa massa aê
 
O batuque dessa massa aiá
 
O barulho dessa máquina,
 
O barulho dessa máquina,
 
O barulho dessa máquina
 
Está deixando
 
O meu som atordoado
 
Estou ficando biruta
 
Maluco por encomenda
 
Oh Deus! Veja que situação
 
O céu está de luto
 
É o apocalipse now
 
É a rosa de Hiroshima
 
É a cor original ..nal..nal..nal.
 
Mas eu preciso precisar
 
Esquecer que esqueci
 
Perdão foi feito pra se pedir
 
Meu amor no fim da linha
 
Corre perigo da vida
 
Olhe a tosse na esquina
 
Fumar também, fumaça vai.
 
Eu faço o boi andar na frente
 
E a carroça andar atrás
 
Perigo de vida.


Olho da janela, vejo janelas
 
Caretas vizinhos
 
Vizinhos sem roupa
 
Vizinho com roupa
 
Vizinho cuspindo na roupa
 
Que está no varal
 
Olho só por olho
 
Olho por telhado, vejo telhado
 
Goteiras, gotejando
 
A noite inteita, assim não dá.
 
Olho pro espelho
 
Pra ver o que vai mudar
 
Olho iê..olho. Olho só por olhar
 
Viagem louca, viagem pura
 
Vejo a donzela pela janela
 
Eu vou...eu vou
 
Vou pra Salvador
 
Vou cantar badauê, badauê
 
Abraçar o negão do Ylê
 
Vou dizer are, are, á...á...á...
 
Viagem louca, viagem bela
 
Eu quero a ilha pra ir com ela
 
Sou mestre cuca, cabeça
 
Feita , papo normal
 
Pedindo esmola, querendo um dólar,
 
Correndo a sacola...To natural
 
Lê, lê,lê fumando cachimbo
 
O sol vai surgindo
 


Eu sei que tem gente dizendo que o mundo rodou.. piou
 
Pior quem espera, meu rei,
 
Sentado no meio-fio
 
É de alta tensão
 
O verão é que me traz
 
Muita onda meu bem
 
Ô,Ô, guenta aí seu motorista
 
Ô,Ô, guenta aí seu motorista
 
Ô,Ô, que eu quero descer
 
Você não sacou
 
ouououououooo...
 
É chique comer banana
 
Chique é chiclete com caldo de cana
 
É legal, mas é legal
 
É legal, super legal
 
Da feijoada do vizinho
 
Eu só como um tiquinho, iê,iê,iê...(Bis)
 
Liberdade nunca é demais,
 
Ô ô ô ô ah ah ah ah
 
O equilíbrio vem com a paz
 
Hawaí, hawaí, hawaí
 
Ta legal, ta legal,
 
Ta beleza, to natural