Chiclete com Banana - Discografia

Discografia


1) BALÃO DOURADO
2) RIACHO DO NAVIO
3) FORRÓ NO ESCURO 
4) MÚSICA ALEGRE (VOCÊ VACILOU)
5) PEGA-PEGA NO SALÃO


Pra te espiar
Eu dou a volta
no seu muro
Eu pulo seu muro
Pra te encontrar
Eu dou a volta
no seu mundo
Eu mudo seu mundo

Faço o que quiser
de brincadeira
Carrossel, no céu
Selva branca
Vi nascer em cada estrela
A novidade
Vi que o muro do seu mundo
Era saudade
Porque não dizer
Posso derreter
Moranguinho no copinho
Esperando por você

Quanto mais sorvete
quero seu calor
Quanto mais desejo de amor
Quanto mais desejo
quero seu calor
Quanto mais sorvete de amor(2X)

Faço o que quiser
de brincadeira
Carrossel, no céu
Selva branca
Vi nascer em cada estrela
A novidade
Vi que o muro do seu mundo
Era saudade
Porque não dizer
Posso derreter
Moranguinho no copinho
Esperando por você
Quanto mais sorvete
quero seu calor
Quanto mais desejo de amor
Quanto mais desejo
quero seu calor
Quanto mais sorvete de amor


Olhe a vida que leva
E pense profundo
Você pode de novo vencer
Seja um sonho de fé a correr

Erga os braços pro alto
E mude este mundo
Você pode a vida mudar
Um herói como o sol a brilhar

Ser justiceiro de um tempo perdido
Olhe forte e vamos lutar
Pelos direitos de um povo ferido
E diga pra não mudar
Ou diga sim pra mudar
Calado não pode ficar

ê ê ôôô..


Toda vez que eu olho pra você, ê ê..
Você me deixa louco
Um beijo é muito pouco
Eu sonho te desejo
Eu quero te abraçar

Virou, mexeu
Correu, chegou
Num bronze legal
Vestida na moda
Saiu pro show
Com jeito moderno
Ela faz biquinho
E com muito carinho
Começa a dançar

Me beija, me beija, me beija na boca
Me deixa louco com teu prazer
Me beija, me beija, me beija na boca
Me deixa louco, amo você

Toda vez que eu olho pra você, ê ê..
Você me deixa louco
Um beijo é muito pouco
Eu sonho te desejo
Eu quero te abraçar

Pintou, olhei
Então gritei (uau)
É uma beleza!
De cima do palco
Me apaixonei
Tiete tão linda
O tempo é curto
E não posso ficar
Começo a sonhar

Me beija, me beija, me beija na boca
Me deixa louco com teu prazer
Me beija, me beija, me beija na boca
Me deixa louco, amo você


Todo canto que vem dos negros
Sempre vai nos ensinar
Toda dança que vem dos guetos
Todo mundo quer dançar

Mas com todo sofrimento
Dança a ginga que convém
Essa dor que sente o negro
Mostra a força que ele tem

Seu canto é vida vivida
Pra nos ensinar
O lindo mistério da cor
Ninguém vai roubar

Respira menino moreno
Jogando a energia pro ar
Respira menino caboclo
E grita comigo Ri-Rá


Pensava na moça
De noite e dia
Não sabia o que fazer
E quando na praia
A gata ele via
Não parava de tremer

Bebeu o que pôde
E o que tinha direito
Pra acabar com a timidez
Mas nem a cachaça
De nada deu jeito
Mané tá pirando de uma vez

Todo mundo fala
Vai lá, vai lá, Mané
Tudo mundo fala
Vai lá, vai lá, Mané
Todo mundo fala
Vai lá, vai lá, Mané
E agora ela estica daqui
E pega no pé
Mané perguntou
Pro seu pai-de-santo
Como agarrar essa mulher
Não existe feitiço
Com força pra tanto
Só cara coragem e fé

Todo mundo fala
Vai lá, vai lá, Mané
Tudo mundo fala
Vai lá, vai lá, Mané
Todo mundo fala
Vai lá, vai lá, Mané
E agora ela estica daqui
E pega no pé


Viver, cantar
Olhar a estrela
Parece até que é brincadeira
Viver, cantar
Brincar de roda
Imaginar poder voar

Galope vem, galope vai
E o mundo inteiro só
Me faz a mesma pergunta (BIS)

Nasceu o sol, raiou o dia
Por essa força se deduz
Que eu quero ver a tua lágrima
Brilhante como a luz

Pintei o meu dia com as cores do amor
Fantasmas e bruxos retornam pro além
E vejo sorrindo palhaços que sabem chorar
E uso essa força do mal para o bem

Responder
Todo mistério da vida
Pra quê
De onde vem essa força
Por quê
Se o importante é viver


Ai... Lailô
Sorria, ai... lailô
Pra vida, ai... lailô
É como um sonho pra você (BIS)

Ser ou não ser
Mas o homem será
Paixão, fogo, vida tentando voar
Dia e noite o homem tem fé
Tire a corrente e veja qual

Vida que queima
O medo eterno e o desejo de amor
Mas tente lembrar
Vida é viver não chorar

Veja o que chorei... que chorei
Vale o que sonhei... que sonhei
Quero o que plantei... que plantei (BIS)


Vendo rolar o suor no rosto brasileiro
Vou dizer do coração
Sou da América Latina e não sou estrangeiro
pra cantar essa canção

Verde, amarelo, tenho a fé brasileira
Sei o que quero, tenho a minha paixão
Sou brasileiro, sacudindo a poeira
Ainda levando a fé para o coração

ôôôô ôô ôô

Encara Brasil, não me deixe na mão
Eu amo você

Quero sentir teu calor
Pra que o sol e a liberdade possam ter
A esperança perdida de um povo guerreiro
Que luta por nosso Brasil
Um Brasil brasileiro

Se liga Brasil
Eu sou brasileiro